05
jun
Entre Elas

Eu sou assim porque… sou MELANCÓLICA

Gabriella Farina

melancólicaÉ isso aí – terminamos este assunto com o mais rico e confuso dos temperamentos – o Melancólico.

Às vezes, me pego pensando – por que eu Senhor? Por que justo eu tinha que ser melancólica? Mas tenho aprendido a dominá-lo e valorizar seus pontos fortes.

São pessoas talentosas, abnegadas e bastante perfeccionistas. No entanto, sofrem de um complexo de inferioridade que traz à tona todas as suas fraquezas. Muitas vezes, deixa-se dominar pela ira. É representado pela sensibilidade artística, pela lealdade e pelo perfeccionismo. É também um amigo leal.

As fraquezas que este temperamento possui, podem, de outro lado, neutralizar os pontos fortes. A tendência é que seja genioso, crítico, negativista, pessimista e até egocêntrico. Um melancólico tem a tendência natural de sacrificar-se por aquilo em que acredita. No entanto, esta característica pode conduzi-lo ao orgulho.

O complexo de inferioridade é outra característica típica do melancólico: ele tem a tendência de não se considerar capacitado para as tarefas que lhe são designadas: “Não tenho nenhum talento, ninguém acreditará em mim, não posso falar em público, não posso fazer isso”.

É importante ressaltar, e fácil perceber que o melancólico possui constante alteração de humor.

Por ter altos parâmetros e extremo perfeccionismo, o melancólico tem dificuldade em delegar funções. De outro lado, seus trabalhos são entregues com alto padrão de qualidade, boa forma, cuidado estético, precisão em alto nível.

Críticas impressionam este temperamento e podem fazer, muitas vezes, com que ele não conclua sua tarefa e fique preso àquele momento. Possui tendência a grande inteligência e capacidade para estudar. Embora não sejam falantes por natureza, quando se manifestam, não dizem coisas inexpressivas.

Na história, os grandes compositores, artistas, filósofos, teóricos, inventores tinham este temperamento. Os grandes gênios da história são melancólicos. Viu? tem suas vantagens!

Sua excepcional habilidade de analisar tudo o capacita a diagnosticar apuradamente os obstáculos e perigos de qualquer projeto de cujo planejamento participe.

Não costuma fazer ou ter um grande número de amigos, mas revela grande fidelidade àqueles que conquista ou ainda fidelidade e lealdade às causas e questões que abraça.

É o mais rico dos temperamentos. Seu ponto forte é a sua sensibilidade e a sua tendência para a arte, a ciência, a filosofia.

Se você tem interesse em descobrir qual é o seu temperamento, na internet existem vários sites que disponibilizam essa procura. E essa descoberta é válida para que possamos ressaltar nossas qualidades e controlar nossos defeitos.

Abraços e até a próxima.

Gabriella


Deixe seu comentário



Copyright 2013. Líderes de Batom - Todos os direitos reservados