14
jun
Encontro de Mães

Quarto de Criança

Gabriella Farina

Acho tão bacana quando os pais entendem que o quarto do filho é para ele, para ser funcional e permitir que a criança possa utilizá-lo, aproveitá-lo, brincar nele e passar lá dentro momentos de prazer e criatividade.

Conheço crianças que detestam seus quartos e só entram neles obrigados e na hora de dormir. E desde que eu comecei a pensar no quartinho do Benjamim, queria algo livre – sem tema, sem regras e, principalmente, que fosse funcional, mas muito, muito divertido.

E eu consegui isso! Meu filho tem prazer em ficar no seu quartinho, gasta horas lá construindo seu mundinho e aproveitando aquele espaço. E o melhor: sem gastar muito!

E um dos cantinhos que mais gosto é o seu expositor de livros. Sempre pensei eu disponibilizar muitos livros infantis para que ele, desde pequeno, tomasse gosto pela leitura e criasse o hábito de folhear esse tipo de material. E de um cabide de calças de um guarda-roupa que estava sem uso na casa da minha mãe, nasceu esse porta-livros.

foto

O próprio Benjamim retira o livrinho que está a fim de olhar e eu proporciono um rodízio das literaturas, para que sempre tenha coisas que chamem a sua atenção e despertem o interesse em folhear.

Era um calceiro velho que o marido pintou, incluiu umas madeiras na ponta para deixar longe da parede e depois fixou. Não gastamos quase nada, além de não ocupar muito espaço no quarto.

foto1

Sei que com uma atitude simples estamos construindo um grande leitor!

foto3

Com criatividade, baixo custo e disposição dos pais ele sente prazer em estar no seu quarto.

foto2

Aí estão outras sugestões bacanérrimas para disponibilizar aos pequenos leituras inteligentes e saudáveis, criando neles, desde cedo, o hábito da leitura.

modelo1

modelo2

modelo4

modelo3

Abraços e até logo!

Gabriella.


Deixe seu comentário



Copyright 2013. Líderes de Batom - Todos os direitos reservados